Deviant Minds

Podemos apenas confessar que não nos queremos conformar às ideias retrógradas que nos tentam atirar à cara todos os dias?

Podemos apenas começar a construir a existência que desejamos e deixar de viver debaixo de esperanças estupidificantes?

Podemos apenas… ser?

Vejo no teu olhar a insatisfação de percorrer os mesmos caminhos, uma sede de te perderes completamente, uma ânsia de te fazeres elevar da insignificância.

Podes apenas… ser?

Se olharmos um para o outro, por tempo suficiente, iremos entender o sofrimento que cada um carrega na sua própria alma.

Podemos… ser?

Ainda estamos demasiado presos a uma mentira. Demasiado para o nosso próprio bem.

Vamos ser.

Sem arrependimentos. Sem olhar para trás. Sem ceder.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s